10 Tendências de SEO 2024: o que esperar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Estar atualizado sobre as tendências de SEO 2024 não é apenas benéfico; é essencial para qualquer empresa que pretenda manter ou melhorar a sua presença online. Assim, à medida que avançamos em 2024, o cenário do marketing digital evolui mais do que nunca, sendo necessário estar atualizado.

O algoritmo do Google está se tornando cada vez mais sofisticado, e dezenas de atualizações são lançadas todos os anos. Com essas inovações, o Google planeja atingir um único objetivo: criar uma experiência melhor para seus usuários.

Para 2024, esperamos várias tendências de SEO com base em declarações que o buscador faz regularmente por meio da conta do Search Central no Twitter.

Assim, confira 10 Tendências de SEO 2024 que vão te garantir a primeira página no Google. Continue com a Opti e boa leitura.

tendencias de seo 2024
Conheça 10 tendências de SEO 2024 e se prepare para dominar o marketing de conteúdo – Foto: Pexels.

SEO está se tornando cada vez mais importante

Mesmo em 2024, muitas empresas subestimam o SEO. Ainda existem inúmeros negócios para os quais o SEO é desconhecido ou que ainda não o consideraram como um canal de marketing. Enquanto isso, os custos de publicidade continuam a aumentar.

Muitas companhias implementam a diversificação de riscos nas suas operações de várias maneiras. Por exemplo, muitas vezes evitam a dependência de apenas um ou alguns clientes, ou de um único produto. Por isso muitas empresas ainda dependem em grande parte do Google Ads.

Dentro da sua estratégia de marketing, o SEO oferece diversificação de riscos, andando de mãos dadas com canais como o Google Ads.

Assim, o SEO contribui para um custo por conversão mais baixo e resulta regularmente em conversões mais valiosas. Ele é, portanto, indispensável para estar presente em diferentes canais de marketing.

Você também pode se interessar por:

O benefício das atualizações de algoritmo

A vantagem do SEO é que os algoritmos dos mecanismos de pesquisa estão se tornando mais inteligentes e sofisticados. Por exemplo, o Google julga o conteúdo cada vez melhor e o algoritmo entende cada vez mais em quais termos de pesquisa seu material deve ser encontrado.

O Google também está priorizando a experiência do usuário dos sites. Então, atualmente o algoritmo é bom para estimar se uma página é realmente útil.

Vale ressaltar que empregar estratégias de black hat SEO está, portanto, desatualizado e pode até funcionar contra você. Assim, o importante é focar na sua estratégia de SEO em agregar valor ao seu público-alvo.

Mas afinal, quais são as tendências de SEO 2024?

As tendências de SEO que esperamos resumem-se ao objetivo do Google de criar uma experiência melhor para seus usuários. Desse modo, o site mais relevante e confiável deve ter uma boa classificação na pesquisa. Ao fazer isso, a página deve ser bem desenhada com base nas necessidades dos usuários e conter o conteúdo correto.

Nesse sentido, é essencial ter um site bom (e rápido) com conteúdo valioso. Além disso, o Google trabalha constantemente para tornar o SEO menos influente, dando espaço, por exemplo, para o link building sendo um exemplo de método para manipular posições no Google.

Assim, as tendências de SEO que esperamos ver em 2024 são as seguintes:

  1. Mostrar sua experiência é fundamental;
  2. A IA vai desempenhar um papel maior;
  3. O conteúdo se tornará ainda mais importante;
  4. A experiência generativa de pesquisa está avançando;
  5. A pesquisa por voz ainda não está funcionando;
  6. Indexação e otimização que prioriza dispositivos móveis;
  7. A crescente importância do conteúdo de vídeo;
  8. Princípio EEAT e qualidade do conteúdo;
  9. Content Pruning;
  10. Indexação de conteúdo mais estratégica.

1. Demonstrar expertise

O Google valoriza, e muito, o conhecimento aprofundado em conteúdos, conforme mencionado nos fundamentos de SEO, nas Diretrizes do avaliador de qualidade de pesquisa e nas informações de resultados de pesquisa, entre outros.

Afina, as partes importantes do Google EEAT são “Experiência” (mostrando que você tem experiência) e “Expertise” (mostrando que você tem o conhecimento certo). Por isso, é importante que o conteúdo seja criado por alguém que saiba do que está falando.

Como exemplo, o Google dá a busca por informações sobre o preenchimento de uma declaração de imposto de renda. Ao buscar informações sobre isso, como usuário, você deseja ler informações de alguém que tenha muita experiência no assunto. Portanto, em 2024, mostre claramente aos usuários que você sabe e entende do assunto que está falando.

2. A IA vai desempenhar um papel maior

Na vida cotidiana, de forma inconsciente ou não, muitas vezes você entra em contato com a inteligência artificial. Como você provavelmente sabe, o algoritmo do Google funciona com IA.

Nesse sentido, esperamos que a IA seja mais usada, especialmente para ferramentas de SEO. Com IA, é possível obter melhores insights sobre como otimizar suas páginas de destino e agregar valor para seus usuários.

Além disso, modelos de IA como ChatGPT (baseado em GPT 4.0) ajudam na escrita, reescrita, análise de conteúdo e automatização de tarefas.

Assim, o desenvolvimento destes modelos de IA é rápido e inúmeras aplicações serão criadas neles. Além disso, desde fevereiro de 2023, o Google também permite a criação de conteúdo com IA, desde que agregue valor para os usuários.

3. Conteúdo de qualidade será ainda mais valioso

O conteúdo de qualidade continua importante, e o bom conteúdo torna-se ainda mais importante. É por isso que o Google se esforça para responder às consultas de pesquisa de seus visitantes da melhor maneira possível.

Essa é uma das razões pelas quais o Google otimiza seu algoritmo com frequência. Assim, isso permite entender melhor os sites e o conteúdo.

Então, mostre através do seu conteúdo que você é o especialista na sua área. Responda às perguntas dos visitantes em seu material e observe atentamente os dados do Google Analytics, Google Search Console e Keyword Planner.

Além de textos de qualidade, a aparência do seu conteúdo também conta. Desse modo, ofereça ao seu conteúdo imagens, vídeos, ilustrações, infográficos e outros recursos visuais relevantes.

Além disso, estruture seu conteúdo com títulos HTML e links internos. Seus visitantes desejam um conteúdo claro e fácil de digitalizar.

4. Inteligência Artificial nos mecanismos de busca

Em 2023, o Google começou a testar a Search Generative Experience (SGE) em mais de 120 países. Devido à legislação europeia, ainda não foi implementado na UE. No entanto, esperamos que o SGE seja implementado de forma global e eventualmente mostrado a todos os utilizadores.

Glossário de marketing digital

Nesse sentido, o SGE faz parte de uma iniciativa experimental maior do Google hospedada no Search Labs. É aqui que ele testa funcionalidades de pesquisa de ponta.

A IA generativa, uma forma altamente avançada de inteligência artificial capaz de criar conteúdo, potencializa esse recurso inovador. Conforme anunciado no blog oficial do Google, o objetivo do SGE é redefinir as experiências de pesquisa, transformando-as de receptores passivos de informação em mais interativos e personalizados.

Desse modo, o Google iniciou a Search Generative Experience (SGE) para melhorar a experiência de pesquisa dos usuários e desenvolver o futuro da pesquisa.

Para isso, o Google usa IA generativa para fornecer visões gerais rápidas e concisas dos tópicos de pesquisa para aprimorar os resultados da pesquisa. Ou, como diz o Google, “estamos testando novas maneiras de fazer mais diretamente na Pesquisa”.

5. A ascensão da pesquisa por voz e dos assistentes digitais

A pesquisa de voz está transformando como os usuários interagem com os mecanismos de pesquisa. Com a crescente popularidade de assistentes digitais como Siri, Alexa e Google Assistant, a otimização para pesquisa por voz não é mais opcional.

As consultas por voz tendem a ser mais coloquiais e mais longas do que as pesquisas baseadas em texto, provocando uma mudança para um conteúdo conversacional mais natural.

Nesse sentido, as empresas precisam se concentrar em palavras-chave de cauda longa e conteúdo baseado em perguntas para se alinharem à forma como as pessoas falam com seus dispositivos.

Desse modo, à medida que esta tendência continua a crescer, a adaptação a ela será crucial para manter a visibilidade e a relevância.

6. Indexação e otimização que prioriza dispositivos móveis

A indexação que prioriza dispositivos móveis é a abordagem do Google para priorizar sites compatíveis com dispositivos móveis. Assim, dada a predominância de pesquisas mobile, ter um site otimizado para mobile é essencial.

Desse modo, isso significa não apenas garantir que seu site seja responsivo e carregue rapidamente em dispositivos móveis, mas também que ofereça uma experiência de usuário perfeita.

Assim, os sites que adotam o design mobile-first são recompensados ​​com melhores classificações de pesquisa e maior envolvimento do usuário.

7. A crescente importância do conteúdo de vídeo

No mundo digital acelerado de hoje, o conteúdo de vídeo reina na captura da atenção e do envolvimento do usuário. Plataformas como o YouTube tornaram-se motores de busca por direito próprio, com os utilizadores recorrendo cada vez mais aos vídeos em busca de informação e entretenimento.

Desse modo, otimizar o conteúdo do vídeo é agora uma parte crucial da estratégia de SEO. Assim, isso envolve não apenas garantir que seus vídeos possam ser descobertos por meio de títulos e descrições bem elaborados, mas também usar transcrições e tags para torná-los mais acessíveis e indexáveis.

Além disso, a integração do conteúdo de vídeo com texto e imagens pode melhorar significativamente o apelo geral de um site e o envolvimento do usuário, contribuindo positivamente para os resultados de SEO.

8. Princípio EEAT e qualidade do conteúdo

A ênfase do Google em experiência, expertise, autoridade e confiabilidade (EEAT) ressalta a importância da qualidade do conteúdo em SEO.

Conteúdo confiável e de alta qualidade criado por autores experientes tem maior probabilidade de ganhar confiança e ter uma boa classificação.

Então, os sites e os criadores de conteúdo precisam se concentrar em demonstrar seus conhecimentos e credenciais, citando fontes confiáveis ​​e fornecendo valor aos usuários para se alinharem ao princípio do Google EEAT.

Portanto, o conteúdo que atende a esses critérios não apenas tem melhor desempenho nas classificações de pesquisa, mas também promove a confiança e a credibilidade do usuário, cruciais ​​para o sucesso de SEO a longo prazo.

9. Content Pruning

O content pruning refere-se a um tipo de manutenção de conteúdo realizada em um site que visa conteúdo de baixo desempenho.

Entao, isso pode incluir a remoção de páginas com baixo tráfego ou baixas taxas de conversão, aquelas com conteúdo limitado ou duplicado, ou postagens que se tornaram irrelevantes.

Durante o processo de content pruning, você pode encontrar valor em:

  • Excluindo uma página ou postagem de blog;
  • Combinar páginas topicamente semelhantes para reduzir a canibalização de palavras-chave;
  • Excluir ou combinar páginas com conteúdo superficial;
  • Atualizando páginas para incluir mais informações ou estatísticas atualizadas.

10. Indexação de conteúdo mais estratégica

Nos últimos anos, o Google implementou algumas medidas estratégicas para reduzir a quantidade de conteúdo indexado, sobretudo durante o processo inicial de rastreamento.

Não é segredo que tem havido um volume crescente de conteúdo circulando na internet e, infelizmente, um grande número deles é irrelevante e de baixa qualidade.

Desse modo, para melhorar seus resultados de pesquisa e o desejo do Google de focar em conteúdo mais relevante e de alta qualidade, é necessário não indexar o conteúdo de qualidade inferior.

Com os algoritmos aprimorados, nem todo conteúdo encontrado pelo Googlebot será considerado relevante e valioso para indexação.

Assim, em vez disso, antes da indexação, o Google primeiro determinará o valor deste conteúdo com base em uma série de fatores, especialmente a demanda do usuário e fatores de qualidade do conteúdo.

Por que escolher a Opti para a sua estratégia de conteúdo?

Estar ciente das tendências de SEO 2024, ajuda os profissionais de marketing a estabelecer um bom planejamento. Entretanto, precisa de ajuda para otimizar cada vez mais os seus conteúdos, de forma prática, simples e automática? Conte com uma solução técnica que te auxilia nas melhores estratégias, faz grande diferença no marketing digital, sobretudo para ranquear nos buscadores.  

opti marketing
A Opti Marketing é a sua ferramenta completa e inteligente de marketing digital, com acompanhamento de SERP e monitoramento de palavras-chave – Foto: Opti.

Então, conheça a Opti, a ferramenta especialista em SEO e monitoramento automático de SERP. Com a Opti, você consegue produzir conteúdo otimizado para algoritmos e pessoas. Afinal, nós te oferecemos diversas vantagens e funcionalidades úteis para sua rotina no mundo do marketing digital, como:

  • Monitoramento automático da SERP;
  • Histórico de ranqueamento de keywords;
  • Análise de SEO integrada ao WordPress;
  • Suporte especializado multicanal e muito mais.

Então, invista agora no seu desempenho em marketing digital com a Opti. Confira todos os recursos e não perca o período de teste grátis.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Como você achou esse post útil...

Let us improve this post!

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Conteúdos relacionados

Supere a concorrência
na SERP do Google

Receba dicas gratuitas de SEO
na sua caixa de entrada!

Como funciona plugin Opti