Featured Snippets: existe mistério para consegui-los?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Os featured snippets são fragmentos de texto que aparecem na parte superior dos resultados de pesquisa do Google. Em geral, respondem de maneira rápida e direta à consulta dos usuários. Também conhecidos como a posição zero do Google, podem receber até 8% das visualizações da SERP.

A SERP “Search Engine Results Page” é como um campo de batalha, em que blogs ou sites lutam para estar mais perto da posição zero do Google. Então, o vencedor ocupa a primeira posição e, caso enfrente dificuldades e as vença, assumirá a posição zero do Google.

Os resultados do tráfego orgânico podem ser significativamente alterados caso uma página conquiste um featured snippet no Google. Afinal, estar na posição zero indica que o buscador escolheu seu conteúdo como a melhor resposta para a pergunta do usuário, dando maior relevância e destaque para seu conteúdo.

Mesmo que o seu site não possua a melhor classificação de autoridade de domínio, ele pode ser escolhido para estar na posição zero. Mas como conseguir um featured snippet? Por meio de estratégias de SEO e compreensão de conceitos como Google EEAT é possível alcançar essa posição.

Para te ajudar nessa missão, a Opti preparou esse guia completo para te guiar na jornada de estratégias para alcançar um featured snippet. Boa leitura.

featured snippets
A busca pela posição zero precisa de um passo a passo para uma estratégia eficiente de SEO — Fonte: Pexels.

O que são os featured snippets?

Os featuted snippets são trechos de textos selecionados de páginas da web que o Google destaca na parte superior da SERP. Ou seja, são as respostas que os usuários estão buscando. Esses trechos fornecem aos usuários uma resposta direta e fácil de entender, permitindo-lhes obter os dados que precisam sem clicar em um resultado orgânico.

Com certeza você já se deparou com algum resultado de busca que apresentava o featured snippet. Embora os critérios para a seleção ainda não estejam claros, podemos encontrar alguns padrões que nos ajudarão a coletar alguns desses fragmentos. Então, esse bloco especial pode incluir texto, listas e tabelas.

Vale lembrar que os motores de busca tendem a selecionar os conteúdos mais relevantes, apesar de não terem uma classificação de SEO de 100%. Assim, a atualização do Google Helpful Content Update de 2022 revela uma mudança no processo de seleção do conteúdo para que atenda as demandas do usuário.

Para isso, o conteúdo precisa ser:

  • Original;
  • Coeso;
  • Possuir credibilidade;
  • Informativo;
  • Com fontes confiáveis.

Essa nova abordagem evita que um conteúdo que não prioriza a experiência do usuário apareça em primeiro lugar. Como resultado, usuários insatisfeitos será um problema minimizado. Desse modo, o analista de SEO deve investir em uma equipe redatores com expertise para tratar dos assuntos discutidos.

Mas afinal, qual é a cara do featured snippet? Veja a seguir:

features snippets
Featured Snippets: resposta rápida e prática para atendar as demandas dos usuários — Fonte: Google.

Nesse exemplo, observa-se que o conteúdo destacado é em formato de texto, um parágrafo curto. Além disso, a imagem também foi selecionada para aparecer. Devido a isso, manter as imagens de uma publicação sempre otimizadas para os mecanismos de busca é fundamental.

Por que os featured snippets são importantes para o SEO?

Os Featured Snippets são importantes para o SEO (Search Engine Optimization) por várias razões. Além de aumentar a probabilidade de maior tráfego orgânico, podem ampliar a relevância de sua marca. Lembre-se, os conteúdos precisam estar de acordo não somente com SEO, mas também com preceitos do Google EEAT.

Ter autoridade em determinado assunto traz vantagens dentro do buscador. Portanto, o Google tende a priorizar conteúdos produzidos por autoridades da área. Os sites governamentais, que possuem a autoridade máxima no assunto, são um bom exemplo de como eles sempre estão à frente quando se trata de leis.

Portanto, esses são os principais motivos por trás da importância de ter um featured snippet:

  • Posição de destaque na SERP: os featured snippets sempre estão no topo dos buscadores, em destaque. Ou seja, são os primeiros conteúdos com os quais os usuários se deparam ao realizar uma pesquisa;
  • Mais tráfego qualificado: quando as informações são satisfatórias, você pode obter tráfego mais qualificado, composto por usuários interessados no conteúdo que você oferece;
  • Autoridade e Credibilidade: o Google considera o seu conteúdo como altamente relevante e confiável para responder a perguntas específicas dos usuários. Isso pode melhorar a percepção da credibilidade e autoridade da sua marca e site;
  • Redução do Funil de Conversão: com o featured snippet os usuários têm maior probabilidade de obter respostas diretas. Assim, ajuda a tomar decisões mais rápidas, como comprar algo ou entrar em contato com sua empresa;
  • Oportunidade de superar concorrentes: por meio do snippet, é possível superar os concorrentes e ganhar a atenção dos usuários. É uma oportunidade e tanto para sites com uma autoridade de domínio inferior aos concorrentes de SERP.

Tipos de featured snippets

Nem toda posição zero é igual. Veja, para cada palavra-chave, a intenção de busca é o que dita qual será o formato do featured snippet. Assim, se o seu conteúdo responde a uma pergunta conceitual, um parágrafo faz mais sentido. Porém, se tratar de uma informação mais concisa e prática, uma lista será mais relevante.

Outro ponto importante é que nem todas as palavras-chave terão a possibilidade de alcançar o featured snippet. Por quê? Bom, nem todas as páginas do Google dispõem dessa função. Então, não há como lutar para chegar lá.

Veja agora quais são os tipos de featured snippet:

Parágrafos

Os snippets de parágrafo são os mais comuns. De modo geral, são definições e correspondem a buscas sobre “o que é?” e “como fazer?”. Para otimizar seu conteúdo para um snippet de parágrafo, é necessário explorar melhor as heading tags, H1, H2 e H3.

A principal dica é ser objetivo; isso significa que o primeiro parágrafo após um título deve responder à pergunta ou oferecer uma definição. Além disso, para obter melhores resultados, procure uma média de quarenta a cinquenta palavras nessa definição.

Mas você pode se perguntar o motivo disso, certo? Em uma pesquisa realizada pela Moz, observou-se mais de 30 milhões de featured snippets, e essa era a média de palavras contidas.

featured snippets
Veja esse exemplo de featured snippet de parágrafo — Fonte: Google.

Listas

Mas e se o snippet for em formato de lista, o que fazer? A depender da situação, o Google pode interpretar os heading tags H2 como a lista. Então, se seu H2 fosse “como conseguir o primeiro emprego”, os h3 subsequentes podem ser os passos, assim, formando uma lista.

A produção do conteúdo não será muito alterada, iniciando por uma introdução. Depois, inclua uma chamada “confira o passo a passo de como conseguir o primeiro emprego” para facilitar o entendimento do buscador.

Além disso, essa lista pode estar no bigode do texto, isto é, após o H1. Claro que uma lista não pode surgir do nada, já que impactaria a experiência do usuário. Mas é possível abordar de uma maneira adequada e seguir com um bom CTA.

Assim como o snippet de parágrafo, estabeleça linhas mais curtas e menos densas para facilitar a leitura. Embora exista essa preocupação com o tamanho da linha, a quantidade delas não afeta. De modo geral, quanto maior a lista, isto é, quanto mais linhas, melhor. Isso pode gerar maior engajamento, já que o usuário precisará clicar no seu site para obter a informação completa.

featured snippets
Exemplo de featured snippet de lista — Fonte: Google

Tabelas

As tabelas são o tipo de snippet mais difíceis de ocorrer. Eles são comuns quando falamos de comparativos, mas não são uma regra. No exemplo a seguir, embora o conteúdo não seja um comparativo, faz bastante sentido organizá-lo em uma tabela.

Vale lembrar que as tabelas podem ter até três colunas, já que o Google não faz a leitura de tabelas maiores. A respeito do número de linhas, segue a mesma lógica de snippets de lista. Assim, quanto maior, melhor.

featured snippet de tabela
Veja esse exemplo de featured snippet de tabela — Fonte: Google.

Vídeo

Todos os tipos de featured snippets estão relacionados com a intenção de busca do usuário. A partir dela, o Google seleciona o conteúdo mais adequado para ocupar essa posição. No caso dos vídeos, é comum se tratar de pesquisas de passo a passo.

Como o YouTube é um dos maiores mecanismos de pesquisa do mundo, é claro que o Google também exibirá featured snippets de conteúdo em vídeo.

featured snippets de video
Palavras-chave de “como fazer” podem apresentar recursos visuais mais interessantes e serem selecionados como featured snippet — Fonte: Google.

Passo a passo para conseguir um featured snippet?

Então, como deve ser o meu conteúdo para ele alcançar a posição zero do Google?

Glossário de marketing digital

1. Trabalhe palavras-chave de calda longa (long tail):

As palavras-chave long tail têm maior possibilidade de aparecer em snippets. Por quê? Também conhecidas como keywords de cauda longa, elas são mais precisas e específicas. Assim, palavras-chave long tail diferem das palavras-chave head tail porque são compostas por 3 ou mais palavras que formam frases ou perguntas mais completas.

Exemplos de palavras-chave long tail:

  • Como usar o Google Search Console
  • Porque minha cabeça doí;
  • Como fazer a higienização correta dos alimentos;
  • Como fazer trança boxer.

Exemplos de palavras-chave head tail;

  • Google Search Console;
  • Dor de cabeça;
  • Higienização;
  • Trança boxer.

2. Palavras-chave que são perguntas:

As palavras-chave que respondem a perguntas são mais prováveis de aparecer em snippets. Segundo uma pesquisa do SEMrush, 77% dos snippets são alocados em keywords com “porque” no início. Além disso, 29% desses snippets são respostas a perguntas feitas pelos usuários.

Assim, essas perguntas começam com “por que”, “quando”, “onde”. Desse modo, não existe um segredo a ser desvendado — probabilidade de o conteúdo aparecer como featured snippet é maior se ele atender a esses “requisitos”.

3. Agrade pela qualidade:

O Google vem mudando, e muito, seus conceitos de conteúdo de qualidade. Então, de nada adianta trazer todos esses elementos se seu conteúdo não for de qualidade e relevante para os usuários.

Os conteúdos que alcançam a posição zero são muito bem elaborados. E o mais importante, responde às dúvidas dos visitantes de forma objetiva.

4. Utilize os intertítulos com sabedoria:

É possível que os featured snippets utilize os H2 e H3 do conteúdo para formar a resposta. Por exemplo, se o conteúdo for um passo a passo com vários H3, ele pode ser acionado como lista. Além disso, a conceituação de algum elemento dentro desses heading tags podem ser selecionados pelo buscador.

Como resultado, se o seu conteúdo atender às necessidades do usuário dessa maneira, pode ser benéfico para a página como um todo.

5. Otimize seu conteúdo:

Supondo que o conteúdo seja a respeito de melhores bares de São Paulo, uma lista talvez seja a melhor opção. De fato, as listas são uma maneira prática de acessar o conteúdo por completo e atender as demandas dos usuários. É por esse motivo que são incluídas dentro dos featured snippets.

Além desse exemplo, uma estratégia pode ser explorar os outros recursos dos snippets, como parágrafos breves, tabelas e rankings. Dentro das recomendações, é interessante manter os conteúdos atualizados. Caso uma palavra-chave relevante tenha mais de dois anos, atente-se para mantê-la nos padrões da SERP.

Existe uma relação entre o primeiro lugar e a posição zero?

O Google afirma que a primeira posição na SERP representa cerca de 28,5% dos cliques totalizados. É muito, não é? Por causa disso, os analistas de SEO dedicam tanto esforço para atingir o topo. Porém, se o conteúdo já está na primeira posição, precisa conseguir o featured snippet?

A resposta é simples: sim.

O estudo do Ahrefs indica que os Snippets roubam cliques do primeiro colocado. Veja abaixo o gráfico:

media de ctr
Média de CTR dos featured snippets. — Fonte: Ahrefs.

Qual é a lição que podemos tirar disso? Qualquer porcentagem que indique uma probabilidade maior de cliques deve ser considerada. Se a liderança já garante 26% a 28% de acordo com as pesquisas, como seria perdê-las para outra página que possui o featured snippet?

Além dessa possibilidade de monopolizar os cliques, deve-se levar em consideração questões como a autoridade de marca que deseja alcançar. Isso se reflete de maneira positiva e gera um grande impacto quando falamos de marca, de branding.

Qual o papel dos backlinks nisso tudo?

De acordo com as pesquisas mencionadas anteriormente, os backlinks não afetam diretamente a definição do featured snippet. Para cada consulta de pesquisa individual, foi realizada uma comparação entre as métricas de backlink de uma página específica e o valor médio das páginas restantes nos dez principais resultados orgânicos.

Veja a seguir:

metricas de backlinks do ahrefs
Pesquisa de métricas de backlinks — Fonte: Ahrefs.

Na grande maioria dos casos, as métricas de backlink de uma URL com featured snippets parecem estar no mesmo nível do restante das páginas na SERP. Portanto, o Google não parece estar apresentando a página mais forte no top10.

Featured snippets estão ameaçados com o Google Bard?

Os featured snippets foram lançados pelo Google em 2014, e estão entre as mudanças de SERP mais notáveis da última década. Afinal, os snippets destacados mudaram tanto a vida dos usuários, quanto o trabalho estratégico dos analistas de SEO e das equipes de Marketing de Conteúdo.

Com o desenvolvimento e a popularização de ferramentas de IA como o ChatGPT e o Google Bard, aumentamos a preocupação com possíveis alterações no buscador.

respostas geradas por inteligencia artificial
Respostas geradas na SERP do Google por inteligência artificial — Fonte: Search Engine Roundtable.

Em uma projeção realizada pelo Search Engine Roundtable, as respostas geradas pelas AI caso incluídas na SERP do Google gerariam um impacto sem precedentes. Assim, podemos pensar que o featured snippets seriam substituídos pelas respostas desses gigantes.

Caso implementado, o usuário veria uma nova aba com a etiqueta “perspectivas” ao lado de vídeos, imagens, lojas, etc. Assim, receberia novas recomendações de conteúdo em texto, vídeo, imagem e redes sociais. Embora tenhamos mergulhados em um mar de especulações, essa funcionalidade ainda não é uma realidade.

Entretanto, já podemos respirar aliviados. Segundo Rajan Patel, vice-presidente de Experiência do Google, em seu Twitter: “Esses screenshots foram lançados previamente como melhoria para os trechos em destaque (featured snippets). As Perspectivas terão seu próprio filtro e estão sendo implementadas em dispositivos móveis nos Estados Unidos”.

E como acompanhar essas métricas?

Afinal, depois de tudo pronto e em prática, como acompanhar sua posição no Google de maneira mais prática? Fazer tudo isso de forma manual pode ser um tanto difícil e demorado. Portanto, que tal ter acesso a uma plataforma que facilita sua estratégia de marketing digital?

Essa é a Opti.

Para acompanhar a posição de cada artigo nos resultados de busca do Google, a Opti realiza uma análise completa da SERP de todos os seus artigos. Assim, você pode ver quais foram sumiram ou diminuíram de posição.

Além disso, a Opti analisa todas as suas produções em termos de legibilidade e otimização de mecanismo de pesquisa, avaliando se elas atendem aos critérios de ranqueamento do Google. E, ainda, você pode ver quais pontos ainda precisam ser melhorados para obter melhores notas.

Outras funcionalidades disponíveis são:

  • Monitoramento automático da SERP;
  • Histórico de ranqueamento de keywords;
  • Análise de SEO integrada ao WordPress;
  • Suporte especializado multicanal e muito mais.

Descubra tudo o que a Opti pode fazer por você e encontre o melhor plano para sua empresa. Otimize todos os seus resultados com a Opti. Então, cadastre-se agora e teste grátis.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Como você achou esse post útil...

Let us improve this post!

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Conteúdos relacionados

Supere a concorrência
na SERP do Google

Receba dicas gratuitas de SEO
na sua caixa de entrada!

Como funciona plugin Opti